A IMPORTÂNCIA DA MANUTENÇÃO PREVENTIVA EM CAMINHÕES.

O caminhão é o principal instrumento de trabalho e fonte de renda de mais de 200 milhões de caminhoneiros, por este motivo ele não pode ficar encostado devido a falhas mecânicas e irregularidades fiscais. Para evitar esse tipo de situação, a manutenção preventiva em caminhões se tornou indispensável.

Diferentemente dos carros de passeio comum, os caminhões exigem revisões mais completas e com uma determinada frequência, assim, o ideal é que as manutenções sejam feitas em mecânicas autorizadas por profissionais qualificados.

Quer saber mais sobre esse tema? Então continue com a gente e confira!

Por que é importante fazer a manutenção preventiva em caminhões?

Manter o veículo em dia com a manutenção e a revisão é sempre uma boa maneira de evitar vários imprevistos no trânsito. Quando se trata de caminhões, a necessidade de uma manutenção dentro dos prazos é ainda mais urgente e necessária, já que qualquer falha pode ser potencializada por um veículo do tamanho de uma camioneta ou carreta.

Como os caminhões ocupam grande parte das estradas e das ruas das grandes cidades, isso faz com que eles sejam responsáveis por grande parte dos acidentes de trânsito. Geralmente isso acontece devido a falhas mecânicas nos freios, no motor ou no eixo da direção, ou seja, problemas que poderiam ser resolvidos com a manutenção preventiva.

Além de contribuir para a segurança no trânsito, a manutenção preventiva também faz com que o motorista economize direta e indiretamente, pois, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, circular com um veículo em mau estado de conservação é considerado uma infração grave, isso gera perda de pontos na carteira de habilitação e uma multa de R$195,23.

Apesar de ser extremamente importante, a manutenção preventiva para caminhões é um tanto complexa. Mas existem certos hábitos e cuidados que podem ser adotados pelos próprios motoristas e que contribuem para um melhor desempenho do veículo e evitam um desgaste precoce das peças. Quer saber quais são eles? Confira!

Dicas para manter o caminhão em bom estado

Fique de olho nos pneus.

Antes de começar a rodar, avalie a situação dos pneus, pois eles são fundamentais para a segurança do caminhão. Faça a calibragem corretamente, faça rodízios sempre que necessário e nunca se esqueça que andar com pneus carecas é um perigo!

Examine o sistema de frenagem.

A recomendação é que seja feita uma revisão completa do sistema de freios a cada 15 ou 20 mil quilômetros rodados ou de acordo com a determinação da montadora. O freio é um dos itens mais críticos para a segurança das viagens, sendo que qualquer problema apresentado por provocar um acidente grave. Por isso, substitua sempre os componentes desgastados por peças originais.

Cuide da Embreagem.

Nada de descansar o pé sobre o pedal ou trafegar com excesso de peso! Esses são apenas alguns dos hábitos mais comuns entre os motoristas e que prejudicam a vida útil da embreagem. Se o veículo apresentar dificuldade ou barulho na troca de marchas, chegou a hora de levá-lo para uma revisão do kit de embreagem.

Verifique o óleo do motor.

Confira o nível do óleo do motor por meio da vareta. Se estiver baixo e o produto estiver novo, basta completar usando o mesmo óleo que já está no motor. De qualquer maneira, é necessário trocar de tempos em tempos o óleo do motor cumprindo as orientações de validade da montadora do caminhão.

Gostou das nossas recomendações? Para saber mais sobre a manutenção preventiva para caminhões, clique aqui e confira nosso post anterior! Aproveite para acessar o nosso site e descobrir mais sobre a LAD Embreagens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *